Sigilo & Segurança

Os processos psicológicos são de natureza sigilosa, regidos pela ética profissional de acordo com o Art. 9º, do Código de Ética Profissional: "É dever do psicólogo respeitar o sigilo profissional a fim de proteger, por meio da confidencialidade, a intimidade das pessoas, grupos ou organizações, a que tenha acesso no exercício profissional." Todavia, como se sabe, os  meios virtuais não são 100% seguros. O psicologo irá realizar os atendimentos dentro dos padrões preconizados pela ética e de acordo com as normas de segurança da informação. O usuário do serviço deverá tomar os mesmos cuidados, evitando locais e equipamentos públicos, protegendo arquivos com senhas, e usando softwares de segurança como antivírus, etc.  

Do ponto de vista da segurança, agora no âmbito terapêutico, este serviço não é recomendado para pessoas com sintomatologia e/ou diagnóstico que sugiram quadros graves, como depressão profunda. Devendo estes recorrer ao atendimento presencial. 

Thot Desenvolvimento Humano